OpenStack vs. Outras Plataformas de Nuvem — Uma Análise Detalhada  

A OpenStack tem características que a destacam entre as soluções disponíveis no mercado. Confira o resultado da análise Openstack vs. cinco outras plataformas em nuvem.

Para empresas que buscam serviços digitais flexíveis, eficientes e controlados, é importante entender as diferentes opções de soluções em nuvem disponíveis.

O OpenStack é uma plataforma open source que se destaca entre as ferramentas de cloud computing por sua arquitetura modular e adaptável, que entrega diversos benefícios às organizações que adotam seu uso.

Neste artigo, apresentamos os diferenciais do OpenStack na comparação com outras soluções cloud, fazendo dela uma alternativa inteligente para empresas que desejam controle, escalabilidade e eficiência em suas operações na nuvem. 

Quais são os diferenciais técnicos e estratégicos do OpenStack?

Dentre as plataformas cloud, o OpenStack se destaca por características técnicas e estratégicas que garantem muitos benefícios às empresas que investem em sua implementação:

Interoperabilidade

A arquitetura modular e altamente configurável do OpenStack permite a integração com diversas tecnologias e soluções de hardware, garantindo interoperabilidade com outros sistemas e ferramentas. A plataforma é compatível com padrões abertos, facilitando a integração e evitando o aprisionamento tecnológico.

Flexibilidade

O OpenStack oferece flexibilidade em várias camadas da plataforma, permitindo escalar recursos dinamicamente e adaptar a arquitetura para diferentes requisitos de carga de trabalho. APIs robustas e uma variedade de serviços disponíveis permitem personalização e automação, simplificando a implantação e o gerenciamento de infraestruturas complexas.

Controle total sobre a infraestrutura

Os recursos do OpenStack proporcionam controle total sobre a infraestrutura de nuvem, permitindo aos administradores gerenciar todos os aspectos de forma granular e personalizada. Isso inclui definir políticas de segurança, configurar redes virtuais, gerenciar armazenamento e otimizar o desempenho de acordo com as necessidades específicas da carga de trabalho.

Custos otimizados

Como uma plataforma em nuvem e de código aberto, o OpenStack ajuda a promover redução de custos com infraestrutura de TI. Além disso, seu modelo de pagamento por uso e eficiência na utilização de recursos contribuem para a otimização de gastos, permitindo que as empresas paguem apenas pelos recursos que utilizam, enquanto maximizam a eficiência operacional.

Leia também > OpenStack e a Transformação da Infraestrutura de Nuvem

OpenStack vs. outras plataformas em nuvem: 5 comparações

O OpenStack se destaca em relação a várias plataformas de nuvem, oferecendo vantagens distintas em termos de flexibilidade, controle e eficiência operacional. 

A seguir, comparamos a OpenStack a cinco ferramentas cloud disponíveis no mercado:

1. Vantagens do OpenStack sobre o VMware

Migrar da VMware para o OpenStack pode resultar em uma redução significativa no TCO (Total Cost of Ownership). Enquanto a VMware requer hardware especializado e licenciamento proprietário para sua plataforma de virtualização centralizada, o OpenStack é projetado para funcionar em hardware convencional, suportando a arquitetura hiperconvergente. Isso elimina a necessidade de hardware dedicado, reduzindo os custos iniciais e operacionais.

2. Vantagens do OpenStack sobre o Kurbernetes

O OpenStack oferece uma solução abrangente para a gestão de infraestrutura e de diferentes tipos de serviços em nuvem, com suporte a uma variedade de cargas de trabalho e requisitos operacionais.

O Kubernetes é eficaz na orquestração de contêineres e na implantação de aplicativos em escala, porém o OpenStack fornece recursos avançados de gerenciamento de metal e integração com várias plataformas de armazenamento e controladores de rede definida por software (SDN).

3. Vantagens do OpenStack sobre o AWS

O OpenStack oferece maior flexibilidade e controle sobre a infraestrutura em comparação com a AWS. Enquanto a AWS fornece uma rede virtual escalonável com o EC2, o OpenStack proporciona uma infraestrutura IaaS que pode ser escalada horizontalmente, sem a necessidade de aumentar a capacidade de CPU ou RAM.

Além disso, o OpenStack oferece o Ceilometer para monitoramento de recursos, proporcionando um controle mais granular e eficiente sobre a utilização de recursos.

4. Vantagens do OpenStack sobre o Azure

Comparado ao Azure Stack da Microsoft, o OpenStack oferece maior flexibilidade e escalabilidade, podendo ser implantado em uma ampla gama de hardware existente.

O Azure Stack requer hardware certificado e limita a capacidade de reutilização de recursos existentes. Já o OpenStack permite a construção de nuvens privadas utilizando infraestrutura comum. Isso oferece maior liberdade e independência às organizações em termos de escolha de fornecedor e portabilidade de carga de trabalho.

5. Vantagens do OpenStack sobre o Oracle

O OpenStack destaca-se frente ao Oracle devido à sua flexibilidade de hardware e implantação. Enquanto o Oracle exige o uso de hardware certificado, o OpenStack pode ser implantado em uma variedade de hardware, permitindo às organizações escolherem a infraestrutura mais adequada às suas necessidades.

Além disso, o OpenStack oferece maior portabilidade e independência de fornecedor, tornando possível que as organizações evitem o aprisionamento tecnológico e migrem cargas de trabalho entre ambientes locais e nuvens públicas de forma transparente.

Leia também > OpenStack: por que investir nesse tipo de solução?

Como você pôde ver na comparação entre o OpenStack vs. outras plataformas de nuvem, o OpenStack é uma ferramenta robusta, que oferece escalabilidade, flexibilidade, controle e eficiência para infraestruturas digitais. 

A arquitetura modular e altamente configurável permite integração com diversas tecnologias e soluções de hardware, promovendo interoperabilidade e adaptabilidade. Com o OpenStack, sua empresa tem controle total sobre a infraestrutura de nuvem e pode definir políticas de segurança e otimizar o desempenho conforme as necessidades específicas do negócio.

Agora que você conhece os diferenciais de uma das principais plataformas open source do mercado, veja como transformar a operação da sua empresa com a Binario.Cloud, primeira nuvem pública homologada pela OpenStack na América Latina.

Veja também

Entenda os principais tipos de serviços em nuvem

Migração para a nuvem: entenda os benefícios

Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?