O que o modelo ágil das organizações tem a ver com cloud computing?

É fato que todas os setores buscam tornar seu processo produtivo cada vez mais eficiente, ágil e enxuto. Identificamos o…

É fato que todas os setores buscam tornar seu processo produtivo cada vez mais eficiente, ágil e enxuto. Identificamos o início deste movimento olhando para a teoria da Administração Científica, conhecida como Taylorismo que consiste no estudo de tempos e movimento, e serviu para o desenvolvimento produtivo, propondo que cada operário esteja focado na execução de uma única tarefa. Mais a frente vimos o surgimento do Fordismo, criado por Henry Ford, eliminando a movimentação do operador, que passa a receber através de uma esteira, recursos para executar sua tarefa.

Com objetivo de tornar mais ágil o processo fabril, a Toyota criou na década de 60 o Kanban, que dá visibilidade ao andamento das tarefas através do uso de um quadro e cartões (post-it). De toda forma, o principal motivador para as mudanças implementadas por empresas é a evolução do consumidor. Em um passado próximo um bom discurso, uma arte ou propaganda exibida no programa correto eram o suficiente para um BooM em vendas. Em casos mais complexos, um trabalho estruturado de marketing considerando os famosos 4 Ps certamente dariam conta do recado.

Acontece que praticamente tudo mudou: A intenção de possuir um produto mudou para a necessidade de ter uma experiência; o conceito de preço passa a ser entendido como valor percebido e a praça, esta sim teve um grande impacto, afinal a internet eliminou diversas barreiras, permitindo que um pequeno fabricante regional seja encontrado e faça negócios com um consumidor a milhares de quilômetros de distância. Desta forma os consumidores passam a ter acesso a um universo de possibilidades tornando-se protagonista no processo de compra e na relação de consumo.

Ciente do perfil deste novo consumidor nascem empresas que criam formas de se aproximar e conquistar um espaço intocável na mente do consumidor. Na prática elas não apenas mudam a forma de se comunicar, mas criam novos produtos e até modelo de negócios que tornam única a experiência do consumidor. Como referência podemos trazer a Apple que durante toda sua história revolucionou diversos segmentos, começando pelo computador, com o lançamento do Apple II, passando pelo mercado musical com o iTunes até chegar no impacto causado pelo iPhone. Além dela, vemos diversas empresas se destacando por simplificar a experiência de consumo, como por exemplo o Netflix, que transita em segmentos como distribuição e produção audiovisual (filmes) tendo um modelo prático de venda: Você se cadastra, insere seu cartão e em segundos tem a sua disposição um amplo portfólio de conteúdo para consumir. Caso queira sair, é simples! Com poucos cliques encerrou o “contrato”.

Neste momento você deve estar se perguntando: Mas o que tudo isso tem haver com computação em nuvem?

E para responder posso até parecer pretensioso: Tudo! E vou explicar o porque.

Para ser disruptiva uma empresa precisa ter flexibilidade e é onde as soluções de nuvem entram. Na prática há alguns elementos que compõe a capacidade de disrupção destas companhias:

  • Planejamento;
  • Entendimento do mercado;
  • Conhecimento do público alvo;
  • Recurso para investir no momento e no produto correto;

Pois bem, considere que para distribuir vídeos para milhares de pessoas ao redor do mundo a Netflix possui uma alta demanda de recursos computacionais e de rede, correto? Mas nem sempre foi assim. Inicialmente a gigante rodava seus sistemas e entregava seus conteúdos através de infra em um data center próprio Yury Izrailevsky, Vice President, Cloud and Platform Engineering, teria sido impossível implementar em seu próprio data center recursos computacionais e de armazenamento para suportar o crescimento acelerado da empresa. Segundo ele, a Netflix só conseguiu ganhar a escala por ter tomado a decisão correta ainda em 2008: Migrar todas as suas aplicações para um ambiente em nuvem. Um outro destaque deste relato foi um agradável efeito colateral. Ele afirma que os custos gerados com as soluções de computação em nuvem para distribuição de conteúdo são uma fração do investimento necessário para fazê-lo a partir do seu próprio data center.

Em resumo: Ao optar por utilizar um ambiente de nuvem ao invés de continuar investimento em um data center próprio, a Netflix pode contar com a flexibilidade de utilizar apenas os recursos necessários para o momento, tendo disponibilidade de escala infinita e manteve seu capital em caixa para investir em outras frentes essenciais para expansão da companhia.

Trazendo para o nosso dia a dia, podemos pensar em uma agência de publicidade e propaganda. Até pouco tempo era comum encontrarmos escritórios centralizados e centenas de profissionais criativos em um único local. Hoje há uma crescente do uso de um modelo descentralizado, onde as pessoas estão distribuídas em qualquer lugar, muitas vezes em home office e trabalhando em um mesmo projeto. Questão: como isto seria possível senão através do uso de Cloud Computing? Neste artigo falamos um pouco mais sobre o impacto das soluções em nuvem para os negócios.

Outro cenário é a busca por alta disponibilidade para as ferramentas de TI. Na prática, através das solução de Cloud Computing é possível que a empresa tenha ambiente de Disaster Recovery no modelo hot stand by, que em resumo, consiste em ter as aplicações disponíveis para rodar, porém, com infraestrutura reduzida, o que diminui significativamente o investimento.

Hoje notamos diferentes indústrias buscando alternativa para dar celeridade ao seu processo fabril com foco em atender a demanda do novo consumidor mas cuidando para preservar sua saúde financeira. Neste infográfico demonstramos um pouco sobre como Cloud Computing tem se demonstrado uma plataforma para suportar o movimento da quarta revolução industrial ou da indústria 4.0.

A Binario Cloud é uma empresa composta por especialistas em Cloud Computing e atua ajudando empresas de todos os portes a utilizar tecnologias de nuvem com eficiência, garantindo um melhor aproveitamento dos recursos de computação. Somos uma das poucas empresas do Brasil a desenvolver soluções de nuvem pública, privada e híbrida, que disponibilizamos ao nossos clientes junto a um completo serviço de dimensionamento, migração, suporte, monitoramento e sustentação do ambiente.

Para conhecer um pouco mais sobre nossas soluções ou conversar com nosso time de especialistas sobre as demandas entre contato com a gente.

Veja também

Tecnologia e negócios: como ajudar o TI a tomar uma boa decisão?

Diagnóstico de Maturidade: acesse estratégias que garantem resultados

Como preparar minha empresa para a inovação que o mercado demanda?