3 tendências de infraestrutura de TI para 2021

Confira 3 tendências de infraestrutura de TI de acordo com os principais desdobramentos dos últimos meses e prepare sua empresa para o futuro!

Em 2020 empresas no mundo todo tiveram de se adaptar para superar os desafios de uma grande crise humanitária e econômica provocada pela pandemia de Covid-19. No Brasil, em Março do mesmo ano, o mercado vivenciou uma grande contração por conta das variações cambiais e das medidas de contenção da doença, impostas em diversas cidades.

Agora os escritórios, indústrias e comércios precisariam encontrar uma nova forma de sobreviver, sem colocar em risco a saúde das pessoas. A solução é uma palavra simples, mas que requer muito planejamento: adaptação

Continue comigo na leitura deste artigo para conferir 3 tendências de infraestrutura de TI para 2021 de acordo com os desdobramentos dos principais acontecimentos do último ano nos negócios.

Mudanças necessárias: a TI em 2020

Do dia para a noite vimos empresas inteiras passarem do regime presencial para o modelo remoto, diretores e gestores procurando maneiras de garantir a continuidade do negócio e profissionais de TI se desdobrando para manter sistemas funcionando, colaboradores produzindo e os dados corporativos seguros. Por falar em proteção de dados, ainda em 2020, em Setembro, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) passou a valer para todas as empresas que coletam, armazenam e/ou tratam dados pessoais de consumidores no Brasil, fomentando ainda mais a discussão sobre este assunto.

Apesar de todos esses desafios, cumprimos nossa missão e sobrevivemos às dificuldades. Entretanto, nem tudo são flores. Pesquisas como a do IBGE, apontam que 33,5% das empresas brasileiras tiveram impactos negativos durante este ano. Mais de 40% delas afirmam que ainda sofrem algum tipo de dificuldade para realizar processos de rotina. Para 2021, o futuro continua incerto e requer que diretores, mais do que nunca, olhem para a tecnologia como base de sustentação do negócio independente do cenário que vamos encontrar no próximo ano. 

  1. Alta demanda por conectividade

Uma das principais aliadas da população geral durante este período de pandemia, sem dúvidas, foi a conectividade. A internet, maior responsável pelo entretenimento das pessoas mesmo antes da pandemia, adquiriu um caráter essencial para a manutenção da rotina das pessoas: de acordo com dados da 42ª edição do Webshoppers, as vendas no e-commerce aumentaram em 47% em 2020 em relação ao mesmo período no ano anterior e quem levou a boa foram os serviços de delivery, que foram os preferidos de 72% dos entrevistados.

Além disso, o acesso aos servidores e arquivos da empresa, bem como a comunicação com colegas de trabalho não seria possível no home office sem uma boa conectividade. Assim, com base nesse aumento exponencial de demanda por conexão de qualidade, uma das maiores tendências de infraestrutura de TI para 2021 é a expansão do 5G

Já são mais de 30 novas redes da quinta geração de internet móvel desde o segundo trimestre de 2020, totalizando 138 milhões de conexões e um crescimento de 116% em relação ao início do ano segundo a 5G Americas. Isso porque o avanço do trabalho remoto traz a possibilidade de trabalhar de onde estiver, utilizando diversos dispositivos para tal. 

  1. Infraestrutura flexível 

Outro foco de atenção para a TI em 2021 deverá ser a flexibilidade de infraestrutura, que apenas cloud computing pode oferecer para as organizações. Para muitos negócios já não fazia mais sentido manter uma infra on-premise, que requer alto custo com a sustentação e manutenção do ambiente operacional.

Com o trabalho remoto, colaboradores precisam acessar os sistemas da empresa do lado de fora do escritório, com segurança. Por isso, por mais que não saibamos com certeza como será o futuro, podemos dizer que a nuvem é a solução.

  1. Análise de dados 

Por fim, uma grande aliada das empresas no último ano com certeza foi a análise de dados. Por meio desta tecnologia, instituições privadas em todo o mundo puderam extrair os insights necessários para a tomada de decisão consciente, bem como organizações governamentais conseguiram traçar planos de contenção da Covid-19 e proteger a população.

Entretanto, o big data requer uma alta capacidade de processamento e armazenamento de um número sempre maior de dados, bem como de conexão segura e de qualidade para o acesso aos mesmos. Por isso, esta tendência de TI, que só deve aumentar sua importância no próximo ano, é um importante ponto de contato entre os dois pontos que comentei anteriormente. 

Transformação digital e perspectivas para 2021

Como vimos, a relevância da tecnologia para os negócios no futuro, seja ele como for, é indiscutível. Hoje, mais do que nunca, operações, estratégia e inteligência são todos aspectos que não existem mais sem a sustentação da tecnologia. Para garantir a continuidade dos negócios, entretanto, é necessário investir em um bom planejamento, flexibilidade de infraestrutura e conectividade – além de segurança da informação, é claro.

Mas este último ponto é assunto para um próximo artigo. Por enquanto, que tal conferir o estudo conduzido pelos nossos especialistas para se aprofundar mais na transformação digital e perspectivas de TI para 2021

Veja também

ITSM: Como Ele Otimiza a Gestão de TI

ITSM — Entenda o Que é e Como Ele Otimiza a Gestão de TI da Empresa  

Minha TI precisa pensar em Cloud Computing?

OpenStack vs. Outras Plataformas de Nuvem — Uma Análise Detalhada