Modelos de entrega de serviços em nuvem

Conheça os modelos de serviço em nuvem disponíveis atualmente no mercado que podem ajudar seu negócio a ganhar mais agilidade e segurança.

Para  estruturar melhor a  Cloud  como um serviço  ao  usuário  e  conceituar  os  seus  processos, a computação em nuvem é dividida em três modelos para entrega desses serviços: infraestrutura, plataforma e software.

Estruturando em camadas, o entendimento sobre os níveis de Cloud Computing ficam mais fáceis de se ilustrar, nesse artigo, você vai conhecer mais sobre os modelos de serviço IaaS, PaaS e SaaS.

IaaS – Infraestrutura como serviço

IaaS são as siglas para infrastructure as a Service (infraestrutura como serviço). Essa sigla representa a camada base do modelo de serviços da nuvem e sustenta O modelo de serviço IaaS tem a função de prover toda a infraestrutura necessária para um ambiente em nuvem, com o objetivo principal de fornecer recursos de maneira fácil e acessível, como armazenamento, rede, servidores e qualquer outro recurso de computação importante para a construção de um ambiente escalável.as outras duas camadas, PaaS e SaaS

O modelo de serviço IaaS possui a característica de interação com hosts, roteadores, balanceadores e suporte para a implantação de novas funcionalidades  de forma simples e com transparência, tudo por meio de uma única interface de administração (API).

A infraestrutura como serviço tem como base técnicas de virtualização de recursos da computação, permitindo dimensionar de forma dinâmica a redução ou aumento dos recursos, tomando como base as necessidades da aplicação e do cliente.

Levando em conta a economia, o modelo IaaS se torna eficaz pois não há a necessidade da aquisição de novos equipamentos quando surge uma nova demanda ou quando se tem a necessidade de expandir os negócios, pois o sistema herdado é aproveitado e a nova demanda pode ser solicitada rapidamente adicionando novos servidores virtuais a infraestrutura. A Binario Cloud é um exemplo de empresa que trabalha também com este modelo. 

PaaS – Plataforma como serviço

Quando falamos de PaaS estamos nos referindo a Plataform as a Service (plataforma como serviço), sendo essa a camada intermediária dos modelos de serviço IaaS e SaaS, fornecendo um ambiente para o desenvolvedor sem que ele tenha a preocupação de quanto de memória ou processadores precisam ser usados para implementar suas aplicações, já que a camada inferior, IaaS disponibiliza um ambiente escalável para atender a demanda de recursos para o desenvolvimento.

O PaaS tem como objetivo facilitar e agilizar o desenvolvimento de aplicações que estão destinadas aos usuários da nuvem. São fornecidos pelo PaaS sistemas operacionais, linguagens de programação e ambientes de desenvolvimento de aplicações.

Do ponto de vista dos usuários, o modelo PaaS se torna também um facilitador, pois não há a necessidade da aquisição de hardwares, servidores ou memória adicionais, o ambiente já está todo preparado para uso, nem há a necessidade de envolvimento do usuário na administração da plataforma ou atualizações de sistema, bastando apenas que o usuário realize um login para receber todos os seus serviços da nuvem.  Um exemplo de solução que trabalha no modelo de PaaS, temos o WordPress. 

SaaS – Software como serviço

SaaS são as siglas para Software as a Service (software como serviço), sendo a camada superior do modelos de serviço, depende das outras duas camadas, IaaS e PaaS, é o produto final de um ambiente na nuvem, é onde haverá toda a interação com o usuário final.

O modelo de serviço SaaS disponibiliza por meio da web um ambiente completo com rede, servidores, armazenamento e sistema operacional sem a necessidade do usuário se preocupar com processos administrativos no sistema. SaaS é disponibilizado na camada de aplicação, rodando inteiramente na nuvem, tornando-se uma alternativa para os usuários que rodam aplicações em máquinas locais, reduzindo os possíveis custos com licenças de software.O usuário tem a liberdade de reduzir ou expandir recursos computacionais de maneira rápida e interativa, pagando apenas pelo uso real dos recursos.

Com a escalabilidade proporcionada pelos modelos de serviço anteriores os desenvolvedores se concentram no progresso da aplicação e não com sua infraestrutura, tornando o desenvolvimento da aplicação mais rápido e qualitativo, sendo assim, novos recursos desenvolvidos são incorporados automaticamente sem um impacto direto ao usuário. Soluções como o Google Maps, Netflix são baseadas neste modelo, por exemplo.

Entenda na prática como SaaS, PaaS e Iaas funcionam:

O provedor de Cloud Computing fornece a camada de infraestrutura (IaaS) e de plataforma (PaaS) ao desenvolvedor e ambos fornecem a camada de software ao usuário final, podemos notar também que a camada de infraestrutura suporta a de plataforma que por sua vez suporta a camada de software.

Mesmo que os modelos de entrega de Cloud Computing estejam interligados, ambos podem ser entregues individualmente como uma solução, tudo depende da demanda que sua empresa irá consumir dos serviços de Nuvem.

Veja também

O que é cloud computing?

[LIVE] Governança de TI para criar projetos com alto valor para o negócio

[LIVE] Comunicação para empresas de TI: como fortalecer sua marca?