Minha TI precisa pensar em Cloud Computing?

Minha TI precisa Pensar em Cloud Computing? Minha TI precisa pensar em Cloud Computing?   Você já parou pra pensar…

Minha TI precisa Pensar em Cloud Computing?

Minha TI precisa pensar em Cloud Computing?


 
Você já parou pra pensar no futuro da TI em sua organização? 
Tradicionalmente encontramos o TI das organizações concentrados em uma coisa: solução de problemas. A verdade é que os tempos mudaram e assim como a forma de pensar em construir empresas de sucesso já não é a mesma, a atuação dos profissionais de TI também vem sendo moldada. Uma pequena amostra disso é que TI é a área com maior número de cargos que são tendências ou profissões do futuro, segundo a pesquisa mais recente realizada pelo LinkedIn. 
A solução que é base para o surgimento dessas novas carreiras dentro do TI é cloud computing, mas é importante destacar que, não importa se você está há 20 anos na área ou está começando sua carreira, estar aberto a conhecer novas tecnologias e entender como elas podem facilitar o dia a dia de seu time é algo que sempre vai estar na rotina de quem atua nessa área.
Se você quiser conhecer mais sobre as carreiras do futuro recomendo a leitura deste artigo
Pois bem, hoje queremos ajudar você de forma rápida a responder à grande questão: minha TI precisa pensar em cloud computing? Para responder isso, precisamos entender primeiro qual o nível de conhecimento do seu time sobre cloud computing. Um exercício que pode ajudar a descobrir isso são algumas perguntas como:

Qual o tempo de resposta para um incidente?
Qual o SLA? Onde ele está documentado?
Sua empresa possui um Data Center Certificado?
Quanto tempo você leva para provisionar novos recursos em respostas às demandas de negócios da sua organização?
Quais controles de segurança você tem?
Qual o Custo do poder computacional em sua organização?

Analisar todo este cenário pode gerar o receio de que acelerar o processo de crescimento e desenvolvimento da tecnologia na organização tende a ser algo que demanda muito tempo, alto investimento e planejamento. A grosso modo, tempo e planejamento se tornaram pilares essenciais do TI. Se observarmos como as empresas vêm investindo em recursos, não só tecnológicos, mas também em pessoas, vamos notar que os objetivos em comum são: redução de custos e minimização de riscos à empresa como indisponibilidade, segurança ou falta de escalabilidade. 
Estes objetivos podem ser alcançados com a implementação de uma solução de cloud computing, por isso paramos anteriormente para analisar o cenário mental atual de seu time. Computação em Nuvem pode ajudar a: 

Reduzir o tempo de resposta para implementar novas soluções; 
Ter escalabilidade para atender demandas temporárias ou sazonalidades;
Garantir alta disponibilidade das aplicações;
Melhorar os procedimentos de segurança; 
Ganhar tempo para planejar e acompanhar tendências do mercado.

Existem muitas respostas para a pergunta que fizemos neste texto, porém vale lembrar que cada negócio tem sua particularidade e necessidade.
Pensar em Cloud Computing como solução para atender às necessidades do seu negócio pode alinhar o TI à estratégia de crescimento do negócio. Afinal, se eu pudesse definir em poucas palavras por quê a TI existe, colocaria como: “Para atender e satisfazer às necessidades de negócios”
Se os recursos de TI não pensarem no negócio ou nas etapas de desenvolvimento das áreas, provavelmente não estarão aptos a impactar no crescimento da organização para os próximos anos, lembrando que qualquer jornada tem um preço, leva tempo e gerenciamento para alcançar o sucesso. Quando você abre a mente para pensar em futuro, vê cada vez mais empresas aderindo à transformação digital. O grande segredo desta adesão é começar pelo que irá sustentar todas essas tecnologias que permitiram a criação das novas profissões citadas no começo deste texto. Se seu negócio está pensando  em ser relevante em 2030, por exemplo, a resposta é: sim, seu TI deveria estar pensando em cloud computing. Por isso, sugiro que você compartilhe este material com eles. 

 
 
 

Minha TI precisa Pensar em Cloud Computing?

Minha TI precisa pensar em Cloud Computing?


 
Você já parou pra pensar no futuro da TI em sua organização? 
Tradicionalmente encontramos o TI das organizações concentrados em uma coisa: solução de problemas. A verdade é que os tempos mudaram e assim como a forma de pensar em construir empresas de sucesso já não é a mesma, a atuação dos profissionais de TI também vem sendo moldada. Uma pequena amostra disso é que TI é a área com maior número de cargos que são tendências ou profissões do futuro, segundo a pesquisa mais recente realizada pelo LinkedIn. 
A solução que é base para o surgimento dessas novas carreiras dentro do TI é cloud computing, mas é importante destacar que, não importa se você está há 20 anos na área ou está começando sua carreira, estar aberto a conhecer novas tecnologias e entender como elas podem facilitar o dia a dia de seu time é algo que sempre vai estar na rotina de quem atua nessa área.
Se você quiser conhecer mais sobre as carreiras do futuro recomendo a leitura deste artigo
Pois bem, hoje queremos ajudar você de forma rápida a responder à grande questão: minha TI precisa pensar em cloud computing? Para responder isso, precisamos entender primeiro qual o nível de conhecimento do seu time sobre cloud computing. Um exercício que pode ajudar a descobrir isso são algumas perguntas como:

Qual o tempo de resposta para um incidente?
Qual o SLA? Onde ele está documentado?
Sua empresa possui um Data Center Certificado?
Quanto tempo você leva para provisionar novos recursos em respostas às demandas de negócios da sua organização?
Quais controles de segurança você tem?
Qual o Custo do poder computacional em sua organização?

Analisar todo este cenário pode gerar o receio de que acelerar o processo de crescimento e desenvolvimento da tecnologia na organização tende a ser algo que demanda muito tempo, alto investimento e planejamento. A grosso modo, tempo e planejamento se tornaram pilares essenciais do TI. Se observarmos como as empresas vêm investindo em recursos, não só tecnológicos, mas também em pessoas, vamos notar que os objetivos em comum são: redução de custos e minimização de riscos à empresa como indisponibilidade, segurança ou falta de escalabilidade. 
Estes objetivos podem ser alcançados com a implementação de uma solução de cloud computing, por isso paramos anteriormente para analisar o cenário mental atual de seu time. Computação em Nuvem pode ajudar a: 

Reduzir o tempo de resposta para implementar novas soluções; 
Ter escalabilidade para atender demandas temporárias ou sazonalidades;
Garantir alta disponibilidade das aplicações;
Melhorar os procedimentos de segurança; 
Ganhar tempo para planejar e acompanhar tendências do mercado.

Existem muitas respostas para a pergunta que fizemos neste texto, porém vale lembrar que cada negócio tem sua particularidade e necessidade.
Pensar em Cloud Computing como solução para atender às necessidades do seu negócio pode alinhar o TI à estratégia de crescimento do negócio. Afinal, se eu pudesse definir em poucas palavras por quê a TI existe, colocaria como: “Para atender e satisfazer às necessidades de negócios”
Se os recursos de TI não pensarem no negócio ou nas etapas de desenvolvimento das áreas, provavelmente não estarão aptos a impactar no crescimento da organização para os próximos anos, lembrando que qualquer jornada tem um preço, leva tempo e gerenciamento para alcançar o sucesso. Quando você abre a mente para pensar em futuro, vê cada vez mais empresas aderindo à transformação digital. O grande segredo desta adesão é começar pelo que irá sustentar todas essas tecnologias que permitiram a criação das novas profissões citadas no começo deste texto. Se seu negócio está pensando  em ser relevante em 2030, por exemplo, a resposta é: sim, seu TI deveria estar pensando em cloud computing. Por isso, sugiro que você compartilhe este material com eles. 
 
 
 
 

Veja também

Otimizando a entrega de serviços de rede utilizando recursos virtualizados

ITIL na Gestão de Ambientes em Nuvem

Como o ITIL Facilita a Gestão de TI em Ambientes Cloud? Entenda 

As 3 principais diferenças entre Disaster Recovery e Backup