Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?

Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?   O termo indústria 4.0 é utilizado para caracterizar a…

Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?


 
O termo indústria 4.0 é utilizado para caracterizar a utilização do que há de mais moderno para produzir bens de consumo englobando automação e tecnologia da informação, além das principais inovações tecnológicas desses campos como Big Data, IoT, Computação em nuvem, Inteligência Artificial e muito mais.
Com a constante melhoria do uso da inteligência artificial, continuamos avançando na capacidade de máquinas trabalharem sem nenhum operador humano no comando, onde todas as áreas da organização humana são administradas através de dados digitais.
A indústria 4.0 traz um salto tecnológico, elevando a automação à outro patamar, permitindo aos robôs desempenharem funções cada vez mais complexas. Não apenas na parte operacional, como soldar e cortar aço, mas programando algoritmos que fazem as máquinas analisarem dados em uma velocidade que um humano nunca iria conseguir. Com isso, podemos reestruturar as mais diversas áreas da empresa, aumentando seu potencial de crescimento.
 
Esse movimento de modernização da indústria ainda está em um estágio inicial no Brasil. As empresas, em grande parte, permanecem associadas aos tradicionais modelos de produção, pouco sofisticados e dependentes de processos manuais e intervenções humanas.
Já vemos no Brasil empresas investindo em soluções que surgiram com a indústria 4.0 e se ajustando ao mercado para se manterem competitivas. Um dos benefícios que sua empresa pode agregar ao setor de T.I, por exemplo, seria a escalabilidade do ambiente com poucos cliques, tornando-o mais eficiente e produtivo. Conhecer as vantagens da indústria 4.0 é importante principalmente para gestores e empreendedores, pois estes são os responsáveis por implementar novos métodos nos negócios. Segundo a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), a expectativa é de que ao menos 15% das indústrias brasileiras já estejam totalmente inseridas na Indústria 4.0 nos próximos 10 anos. Sua estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria para o conceito 4.0, será de, no mínimo, R$ 73 bilhões.
A pesquisa ainda indica que os ganhos de eficiência produtiva correspondem a uma economia de R$ 31 bilhões.
 
A computação em nuvem é colocada como um dos pilares base no conceito de indústria 4.0, otimizando os custos com infraestrutura de TI, comunicação, armazenamento e processamento de dados.
A tecnologia em nuvem garante a evolução da empresa, dando mais mobilidade, escalabilidade e segurança aos processos. Tal infraestrutura é propícia para desenvolver soluções como: aplicativos, recuperar e armazenar dados, transmissões multimídia, hospedar sites fornecer software por demanda, e gerar projeções para negócios de todos os portes e segmentos.
Empresas que passam a contar com esta tecnologia dispõe de uma infraestrutura de hardware as a service onde seu uso e aplicações são cobradas no modelo de pagamento por utilização das soluções. Alguns modelos de negócio difundidos em cloud computing, como Software as a Service (SaaS), Infrastructure as a Service (IaaS) e Platform as a Service (PaaS), são totalmente aderentes ao contexto da Indústria 4.0. Diversas utilidades oferecidas através desses modelos fazem com que, ao invés das indústrias terem que comprar novos equipamentos para sustentar suas operações, e treinar pessoas para manter o controle e a manutenção deste material, essas operações podem ser locadas em forma de serviço, gerando uma economia expressiva para o negócio e agregando valor a operação, que passa a contar com soluções atualizadas do mercado com maior facilidade.
 
Para garantir que seu negócio se mantenha competitivo e seja capaz de atender as demandas atuais de mercado, é preciso vencer o medo do novo e se aprofundar no conhecimento das novas tecnologias. Seu negócio pode estar pronto para acompanhar a revolução da indústria 4.0, basta dar o primeiro passo para sua transformação digital. Para validar se sua infra já te dá sinais sobre isso, recomendo a leitura deste artigo.
Ir para a nuvem deve ser a primeira grande mudança de sucesso para seguir atualizado, seguro e competitivo.

Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?


 
O termo indústria 4.0 é utilizado para caracterizar a utilização do que há de mais moderno para produzir bens de consumo englobando automação e tecnologia da informação, além das principais inovações tecnológicas desses campos como Big Data, IoT, Computação em nuvem, Inteligência Artificial e muito mais.
Com a constante melhoria do uso da inteligência artificial, continuamos avançando na capacidade de máquinas trabalharem sem nenhum operador humano no comando, onde todas as áreas da organização humana são administradas através de dados digitais.
A indústria 4.0 traz um salto tecnológico, elevando a automação à outro patamar, permitindo aos robôs desempenharem funções cada vez mais complexas. Não apenas na parte operacional, como soldar e cortar aço, mas programando algoritmos que fazem as máquinas analisarem dados em uma velocidade que um humano nunca iria conseguir. Com isso, podemos reestruturar as mais diversas áreas da empresa, aumentando seu potencial de crescimento.
Esse movimento de modernização da indústria ainda está em um estágio inicial no Brasil. As empresas, em grande parte, permanecem associadas aos tradicionais modelos de produção, pouco sofisticados e dependentes de processos manuais e intervenções humanas.
Já vemos no Brasil empresas investindo em soluções que surgiram com a indústria 4.0 e se ajustando ao mercado para se manterem competitivas. Um dos benefícios que sua empresa pode agregar ao setor de T.I, por exemplo, seria a escalabilidade do ambiente com poucos cliques, tornando-o mais eficiente e produtivo. Conhecer as vantagens da indústria 4.0 é importante principalmente para gestores e empreendedores, pois estes são os responsáveis por implementar novos métodos nos negócios.
Segundo a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), a expectativa é de que ao menos 15% das indústrias brasileiras já estejam totalmente inseridas na Indústria 4.0 nos próximos 10 anos. Sua estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria para o conceito 4.0, será de, no mínimo, R$ 73 bilhões.
A pesquisa ainda indica que os ganhos de eficiência produtiva correspondem a uma economia de R$ 31 bilhões.
A computação em nuvem é colocada como um dos pilares base no conceito de indústria 4.0, otimizando os custos com infraestrutura de TI, comunicação, armazenamento e processamento de dados.
A tecnologia em nuvem garante a evolução da empresa, dando mais mobilidade, escalabilidade e segurança aos processos. Tal infraestrutura é propícia para desenvolver soluções como: aplicativos, recuperar e armazenar dados, transmissões multimídia, hospedar sites fornecer software por demanda, e gerar projeções para negócios de todos os portes e segmentos.
Empresas que passam a contar com esta tecnologia dispõe de uma infraestrutura de hardware as a service onde seu uso e aplicações são cobradas no modelo de pagamento por utilização das soluções. Alguns modelos de negócio difundidos em cloud computing, como Software as a Service (SaaS), Infrastructure as a Service (IaaS) e Platform as a Service (PaaS), são totalmente aderentes ao contexto da Indústria 4.0. Diversas utilidades oferecidas através desses modelos fazem com que, ao invés das indústrias terem que comprar novos equipamentos para sustentar suas operações, e treinar pessoas para manter o controle e a manutenção deste material, essas operações podem ser locadas em forma de serviço, gerando uma economia expressiva para o negócio e agregando valor a operação, que passa a contar com soluções atualizadas do mercado com maior facilidade.
Para garantir que seu negócio se mantenha competitivo e seja capaz de atender as demandas atuais de mercado, é preciso vencer o medo do novo e se aprofundar no conhecimento das novas tecnologias. Seu negócio pode estar pronto para acompanhar a revolução da indústria 4.0, basta dar o primeiro passo para sua transformação digital. Para validar se sua infra já te dá sinais sobre isso, recomendo a leitura deste artigo.
Ir para a nuvem deve ser a primeira grande mudança de sucesso para seguir atualizado, seguro e competitivo.

Como as soluções da indústria 4.0 impactam o meu negócio?


 
O termo indústria 4.0 é utilizado para caracterizar a utilização do que há de mais moderno para produzir bens de consumo englobando automação e tecnologia da informação, além das principais inovações tecnológicas desses campos como Big Data, IoT, Computação em nuvem, Inteligência Artificial e muito mais.
Com a constante melhoria do uso da inteligência artificial, continuamos avançando na capacidade de máquinas trabalharem sem nenhum operador humano no comando, onde todas as áreas da organização humana são administradas através de dados digitais.
A indústria 4.0 traz um salto tecnológico, elevando a automação à outro patamar, permitindo aos robôs desempenharem funções cada vez mais complexas. Não apenas na parte operacional, como soldar e cortar aço, mas programando algoritmos que fazem as máquinas analisarem dados em uma velocidade que um humano nunca iria conseguir. Com isso, podemos reestruturar as mais diversas áreas da empresa, aumentando seu potencial de crescimento.
Esse movimento de modernização da indústria ainda está em um estágio inicial no Brasil. As empresas, em grande parte, permanecem associadas aos tradicionais modelos de produção, pouco sofisticados e dependentes de processos manuais e intervenções humanas.
Já vemos no Brasil empresas investindo em soluções que surgiram com a indústria 4.0 e se ajustando ao mercado para se manterem competitivas. Um dos benefícios que sua empresa pode agregar ao setor de T.I, por exemplo, seria a escalabilidade do ambiente com poucos cliques, tornando-o mais eficiente e produtivo. Conhecer as vantagens da indústria 4.0 é importante principalmente para gestores e empreendedores, pois estes são os responsáveis por implementar novos métodos nos negócios.
Segundo a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), a expectativa é de que ao menos 15% das indústrias brasileiras já estejam totalmente inseridas na Indústria 4.0 nos próximos 10 anos. Sua estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria para o conceito 4.0, será de, no mínimo, R$ 73 bilhões.
A pesquisa ainda indica que os ganhos de eficiência produtiva correspondem a uma economia de R$ 31 bilhões.
A computação em nuvem é colocada como um dos pilares base no conceito de indústria 4.0, otimizando os custos com infraestrutura de TI, comunicação, armazenamento e processamento de dados.
A tecnologia em nuvem garante a evolução da empresa, dando mais mobilidade, escalabilidade e segurança aos processos. Tal infraestrutura é propícia para desenvolver soluções como: aplicativos, recuperar e armazenar dados, transmissões multimídia, hospedar sites fornecer software por demanda, e gerar projeções para negócios de todos os portes e segmentos.
Empresas que passam a contar com esta tecnologia dispõe de uma infraestrutura de hardware as a service onde seu uso e aplicações são cobradas no modelo de pagamento por utilização das soluções. Alguns modelos de negócio difundidos em cloud computing, como Software as a Service (SaaS), Infrastructure as a Service (IaaS) e Platform as a Service (PaaS), são totalmente aderentes ao contexto da Indústria 4.0. Diversas utilidades oferecidas através desses modelos fazem com que, ao invés das indústrias terem que comprar novos equipamentos para sustentar suas operações, e treinar pessoas para manter o controle e a manutenção deste material, essas operações podem ser locadas em forma de serviço, gerando uma economia expressiva para o negócio e agregando valor a operação, que passa a contar com soluções atualizadas do mercado com maior facilidade.
Para garantir que seu negócio se mantenha competitivo e seja capaz de atender as demandas atuais de mercado, é preciso vencer o medo do novo e se aprofundar no conhecimento das novas tecnologias. Seu negócio pode estar pronto para acompanhar a revolução da indústria 4.0, basta dar o primeiro passo para sua transformação digital. Para validar se sua infra já te dá sinais sobre isso, recomendo a leitura deste artigo.
Ir para a nuvem deve ser a primeira grande mudança de sucesso para seguir atualizado, seguro e competitivo.

Veja também

OpenStack vs. Outras Plataformas de Nuvem — Uma Análise Detalhada  

Problemas de performance de máquinas virtuais: qual é o processador mais adequado para suas soluções

Como planejar e gerenciar sua Jornada para Nuvem