[LIVE] Cibersegurança: como se adaptar às novas tecnologias e manter a resiliência dos dados

Aprenda as boas práticas e soluções em cibersegurança para intensificar a proteção de dados da empresa no ambiente digital.

A segurança da informação se tornou uma das principais preocupações das empresas, aumentando a necessidade de uma postura de cibersegurança mais potente. Isso se deve ao fato de que, com a crescente dependência de sistemas automatizados, as ameaças cibernéticas se tornaram cada vez mais frequentes e sofisticadas. 

Segundo recente pesquisa da Veeam mais de 80% das empresas foram afetadas por um ataque ransomware no ano de 2022. Isso revela um cenário preocupante, por isso, as organizações precisam estar preparadas para enfrentar ameaças, protegendo seus dados e informações sensíveis. 

E essas ameaças podem incluir não só ataques cibernéticos, mas também falhas de hardware ou software, além de desastres naturais. E são riscos com potencial de gerar impactos graves que afetam o futuro da organização. E, se os dados são petróleo, investir na sua segurança se torna mais do que fundamental para o sucesso de um negócio.

Neste contexto, é importante que as empresas estejam atentas ao seu nível de maturidade tecnológica e de segurança da informação, de forma a identificar possíveis vulnerabilidades e implementar medidas preventivas e corretivas. 

Para explorar o assunto e apresentar as boas práticas e soluções que visam intensificar a postura de defesa das empresas no ambiente digital, reunimos um time de especialistas em cibersegurança da Veeam e Binario Cloud em uma live. Se você não acompanhou ao vivo, confira o conteúdo e o resumo agora. Veja a seguir!

Por onde começar quando o assunto é garantir inovação e manter a proteção dos dados? 

Uma estratégia de cibersegurança robusta é essencial para garantir a proteção das informações da empresa. Mas como construí-la? É preciso inicialmente analisar alguns pontos importantes: 

Conheça os riscos: Para construir uma estratégia eficaz de cibersegurança, é importante entender quais são os riscos enfrentados pela empresa. Identifique quais são as informações mais valiosas e sensíveis, quais os sistemas e equipamentos mais vulneráveis, e quais são as principais ameaças cibernéticas que podem afetar sua organização.

Faça um inventário de ativos: É fundamental conhecer todos os ativos da empresa, desde hardware e software até os dados armazenados. Esse inventário permite identificar os pontos críticos que devem ser protegidos e com essas informações construir as políticas de RTO (Recovery Point Objective) que se refere  a quantidade limite de dados que uma organização toleraria perder em caso de uma paralisação e RPO (Recovery Time Objective) que define o período máximo de tempo que o sistema levará para voltar a sua atividade após uma parada.

Estabeleça políticas de segurança: As políticas de segurança devem estabelecer regras claras para o uso de dispositivos, sistemas e recursos da empresa. Elas devem ser divulgadas e comunicadas a todos os colaboradores, para que todos estejam cientes das responsabilidades e obrigações em relação à segurança da informação.

Invista em tecnologias de segurança: Existem diversas soluções tecnológicas que podem ajudar a proteger a empresa contra as ameaças cibernéticas. Antivírus, firewalls, softwares de criptografia e autenticação são alguns exemplos de tecnologias que podem ser implementadas.

Realize testes de segurança: Testes de penetração e simulações de ataques são fundamentais para avaliar a eficácia da estratégia de cibersegurança. Eles permitem identificar pontos fracos e falhas que precisam ser corrigidas antes que sejam exploradas por hackers.

Ao seguir essas dicas, sua empresa estará mais preparada para enfrentar as ameaças cibernéticas e proteger seus dados e informações sensíveis. Mas lembre-se: a segurança da informação é uma tarefa contínua, e deve ser constantemente revisada para garantir sua eficácia.

Soluções que fortalecem a estratégia de cibersegurança

Uma estratégia de cibersegurança só é eficiente quando promove a continuidade do negócio. Para isso, é importante investir em soluções que possam fortalecer ainda mais a proteção dos dados, mantendo-os seguros e persistentes.

Entre as soluções disponíveis, o backup em nuvem se destaca como uma das mais modernas e seguras do mercado. Com ferramentas de criptografia de ponta a ponta e proteção contra ameaças como ransomware e malware. Isso porque o backup em nuvem oferece um ambiente altamente seguro, além de permitir um armazenamento flexível, escalável e de alta disponibilidade.

Outra solução relevante é a implementação de um plano de recuperação de desastres, conhecido como Disaster Recovery Plan (DRP). Esse plano envolve uma série de serviços e recursos que visam minimizar a interrupção das atividades em caso de perda de dados, permitindo a rápida restauração do sistema que suporta as operações do negócio.

Um plano de recuperação de desastres eficaz deve ser capaz de identificar as principais ameaças e vulnerabilidades do sistema, definir os procedimentos a serem adotados em caso de perda de dados e testar regularmente a eficácia dessas ações. Isso garante a proteção dos dados e a rápida recuperação das operações da empresa em caso de imprevistos.

Além disso, é importante destacar que a estratégia de cibersegurança deve ser continuamente atualizada para se adequar às novas ameaças e tecnologias. Deste modo, investir em soluções como o backup em nuvem, o DRP e o monitoramento constante da estratégia de cibersegurança, aliados a uma política de segurança da informação, é fundamental para garantir a proteção dos ativos da empresa e a continuidade dos negócios em um mundo cada vez mais conectado e vulnerável a ameaças cibernéticas.

Quer começar hoje a aplicar soluções avançadas e robustas de cibersegurança na sua empresa? Então conheça nossas soluções no site. Clique aqui!

Veja também

[LIVE] Como sua empresa pode se defender e se recuperar de ciberataques

5 fatos sobre segurança da informação no Home Office que você precisa saber

5 ameaças de segurança para conhecer e se proteger